Blog

Batemos um ótimo papo com Felipe Rameh do Alma Chef.

16 de dezembro de 2017

Gaveta de Histórias

Felipe Rameh é chef do Alma Chef e é mais um mineiro que chama a atenção na gastronomia brasileira.


Felipe Rameh é um nome que vem chamando atenção na gastronomia brasileira e nós fomos bater um papo com ele para saber mais dessa história. Com raízes na cidade de Muriaé, Felipe a princípio pensava em ser médico, como o pai. "A profissão sempre me encantou por ter um lado mais humano, mas bastou entrar dentro de um hospital para ver que não era aquilo."

O interesse na cozinha começou aos 16 anos e depois de formar no Senac em gastronomia, ele foi para São Paulo, a convite do chef Alex Atala, para trabalhar no D.O.M como estagiário. Desde então, aprendeu muito e viajou o mundo vivendo diferentes experiências na área.

Hoje, Felipe está à frente do Alma Chef, que além de funcionar como restaurante, também conta com eventos, cursos e um empório. Ao ser questionado sobre um ensinamento em sua trajetória, Felipe falou sobre resiliência. "Eu fui uma criança que tinha tudo. Minha mãe me acordava com um beijo e um suco de laranja. Nos meus primeiros trabalhos em restaurantes, comecei lavando chão. E passei muitas dificuldades. Hoje, acho que as pessoas estão um pouco imediatistas. Não dão tempo para as oportunidades desabrocharem."

Para quem tem interesse em gastronomia, Felipe comentou que é sempre bom começar assistindo os programas de culinária da TV e comprando um bom livro sobre o tema. "Também existem muitos cursos e vários chefs que vão até a casa da pessoa." Sobre a chegada do Natal, Felipe disse que no próximo ano quer encontrar mais com a família. "Para mim, o legal do Natal é a união."